Ética Aplicada: Educação

Ética Aplicada: Educação

Os sistemas educativos são hoje confrontados, um pouco por todo o lado, com um mundo em profunda e rápida mudança. Invocando a expressão de Pierre Nora, vivemos um novo período de «aceleração da história», em que a ligação entre o legado e o devir se torna cada vez mais ténue e contingente. A educação, entendida como instituição mundial, é cada vez mais atraída por esse vértice de mudança e questionada nos seus princípios, nos seus valores e nas suas finalidades. Por isso se torna tão premente a reflexão em torno dos seus pilares fundamentais. É o que fazemos através dos contributos de autores que, pertencentes a gerações e a formas de pensar diferentes, se reúnem neste volume para lançar esse debate necessário.


Índice

Todo o projecto educativo é uma opção moral

Maria do Céu Patrão Neves e David Justino. . . . . . . . . . . . . . 9

I – TEMAS FUNDAMENTAIS

Em torno da liberdade de ensinar

Luís Manuel A. V. Bernardo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25

A nova educação ou os valores esquecidos da democracia e da modernidade

David Justino. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59

Educação e ética da equidade

António Pedro Barbas Homem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77

Princípios múltiplos em torno da (des)centralização

Susana Batista. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97

II – PROBLEMAS ESPECÍFICOS

Para uma ética do sucesso escolar

Anabela Grácio . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 117

Educação intercultural, minorias e descendentes de imigrantes

Maria Margarida Marques . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141

Dimensões éticas da educação inclusiva

David Rodrigues . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159

Os pais e a liberdade de escolha da formação dos filhos

Alexandre Homem Cristo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 179

Escola-família: uma relação de longa data com dinâmicas recentes

Eva Gonçalves . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 199

Para uma ética prática da profissão docente

Santana Castilho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 217

Ética profissional e condição docente

Conceição Castro Ramos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 231

Resiliência e ética profissional dos professores

Carlos Ceia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 253

A relevância ético-disciplinar da vida privada dos docentes

Isabel Pires Rodrigues . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 267

Cultura escolar, curriculum e equidade social

Sílvia de Almeida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 291

Qualificações e mercado de trabalho: onde está a estratégia?

Paula Reis . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 315